domingo, 5 de junho de 2016

AS LÁPIDES DA FAMILIA DE GENEROSA GOMES DE SÁ: A MAIOR COITEIRA DE LAMPIÃO NA BAHIA



 

Visitando a Capela  de Generosa Gomes de Sá, uma das maiores coiteiras de Lampião na Bahia.
*Fotos e Pesquisa do acervo do historiador João de Sousa Lima
Sempre que visitamos o complexo arquitetônico e histórico de Generosa Gomes de Sá, no povoado Riacho, Paulo Afonso, Bahia, encontramos a pequena Capela fechada e pouquíssimas pessoas que estudam o tema cangaço chegou a ver as lápides da família da famosa coiteira e agora trago em primeira mão essas fotografias para compor o acervo de quem estuda o tema.

Generosa Gomes de Sá foi uma das maiores coiteiras de Lampião e residia no povoado Riacho, Paulo Afonso, Bahia.

A casa de Generosa e mais três casas que ela construiu para os filhos, assim como uma imponente capela, formam um dos mais espetaculares conjuntos arquitetônicos.

As construções das casas começaram em 1900, e vieram alguns pedreiros do estado pernambucano, tendo em vista que a arte do adôbe era desconhecido pelos construtores dessa região, acostumados a construírem casas de taipa.

Por ter uma localização no meio do caminho entre a saída do Raso da Catarina, a casa de Maria Bonita e o estado sergipano, Lampião passava sempre na casa de Generosa, e lá realizava os famosos bailes.

O conjunto arquitetônico agora está incluído no Roteiro Integrado do Cangaço, projeto realizado pelo escritor João de Sousa Lima.

Um detalhe curioso é que Generosa está enterrada na capela ao lado da casa onde podemos ver as datas de nascimento morte, onde consta que ela morreu com 114 anos de idade.

Generosa era prima legítima de Santina Gomes (mãe da cangaceira Durvinha).

Para os interessados nas nossas histórias do cangaço e do sertanejo, esse é um ponto que vale a visita.










Um comentário:

  1. Sou meramente fascinada pela historia do cangaço e da Familia Gomes de Sá

    ResponderExcluir