segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Maria de Juriti, uma cangaceira na Grota do Angico


Maria de Juriti foi uma das cangaceiras que escaparam do combate na Grota do Angico, porém decidiu levar sua vida sem falar nada com ninguém, morreu sem dar entrevistas.
poucos meses antes de sua morte estive em sua residência, acompanhado pelo cineasta Wolney Oliveira e por mais que maior que fosse nossa insistencia para colher alguma informação, mais o silêncio dominava o ambiente e por último ela reclamou dizendo que poderia ter uma "parada do coração" e aí tivemos que nos contentar com apenas algumas fotografias.
recentemente recebi em minha casa a visita de um dos filhos da cangaceira, trazendo um caderno com riquissimos depoimentos da mãe, colhidosmpor ele. o caderno me foi presenteado e sobre a vida dela será lançado um capítulo interessante, em um futuro bem próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário